Passos para começar a guardar dinheiro

Passos para começar a guardar dinheiro
Rate this post

Quando fiz 26 anos, fiquei frustrado com a falta de dinheiro guardado, uma carreira medíocre e uma sensação geral de que eu estava ficando para trás. Foi no final do verão de 2014 que decidi que minhas finanças precisavam de uma revisão completa e de que eu precisava começar a mudar a forma que lidava com o meu dinheiro.

Embora tenha conseguido muito dinheiro nos últimos três anos, também encontrei muitos desafios ao mudar completamente minha mentalidade e colocar a economia em primeiro lugar. Tive vários problemas e várias barreiras no começo de tudo.

No início, eu arrumei muitas desculpas para não começar, até que eu percebi que não estava progredindo rápido o suficiente, e então comecei  mudar muitas das minhas escolhas. Vou te falar das cinco coisas que aprendi nos últimos três anos que podem ajudar alguém a começar a economizar mais e a iniciar uma jornada de independência financeira.

Dicas para começar a enriquecer

Confira abaixo algumas dicas valiosas que farão com que você enriqueça mais rapidamente e sem sofrer muito.


1. Não procrastine

Um dos aspectos mais desafiadores depois de decidir mudar minhas finanças estava começando. Quantas vezes todos nós falamos para um amigo ou parente que queremos fazer alguma coisa mais vezes, como exemplo, querer ler mais, correr mais ou fazer mais esporte, mas na verdade nunca damos o primeiro passo para fazê-lo imediatamente?

Tenho certeza de que a maioria das pessoas (inclusive eu) falou sobre algumas coisas mas nunca seguiu adiante. É da natureza humana procrastinar – nós trazemos isso dos nossos antepassados, temos medo do desconhecido. Então, naturalmente fazemos o que é confortável, e convenhamos que guardar dinheiro para algumas pessoas não é nada confortável.

Mesmo depois de decidir colocar minha vida financeira em ordem em 2014, ainda levei um mês inteiro para começar. O primeiro passo foi me forçar a sentar e criar uma planilha com todas as minhas contas, receitas e para onde qualquer despesa extra estava indo. Para ser honesto, ver toda a minha vida em uma planilha me assustou um pouco. Eu não parei até que tudo estivesse listado. Então, quando soube onde estava (ou quanto eu devia), abri minha conta da em uma corretora para começar a finalmente investir de maneira inteligente.

Hoje eu penso que eu deveria ter começado logo, não deveria ter enrolado tanto para iniciar essa minha jornada. Você não pode ter medo de errada, comece e aprenda durante o percurso, algumas cabeçadas serão inevitáveis.

2. Defina metas – faça disso um hábito semanal

Desde quando eu comecei a economizar coloquei um lembrete no meu calendário online para me forçar a uma vez por semana sentar por uma hora e trabalhar em minhas finanças de alguma forma. Isso incluía uma boa leitura, um balanceamento de contas, otimização do fluxo de caixa, pesquisa de fundos e etc. Se um lembrete não for suficiente para você, crie um tipo de recompensa que o mantenha no caminho certo e que te incentive a trabalhar nele. Alguns casais fazem disso um hábito semanal, ou seja, tem uma data do mês para falar sobre planejamento e se as metas estão sendo ou não cumpridas.

Vá por mim, qualquer coisa que te ajude a construir um hábito semanal será de grande ajuda. Faça isso. Confie em mim, que 1 hora por semana vai te ajudar muito a continuar no caminho certo das economias. É definitivamente minha maior hora de ROI de toda semana.

Há muitas opiniões sobre quantas vezes você deve gerenciar seu dinheiro no mês – algumas pessoas dizem que 5 minutos por dia, ou algumas horas por mês, mas eu prefiro fazê-lo agora algumas vezes por semana. Pessoalmente, aprendi que você não quer verificar suas contas todos os dias, a menos que tenha um grande autocontrole. Isso vai te tornar uma pessoa muito impulsiva.

Nos primeiros 2 anos, eu só entrei na corretora 1 vez por semana, o que ainda pode ter sido muito para aquele momento. Acalma-se, você vai encontrar seu ritmo.

3. Economize de qualquer forma

Depois que entendi onde meu dinheiro estava indo e o que eu tinha deixado para economizar, ainda me sentia um pouco derrotado. Com base na renda e nos empréstimos que eu tinha que pagar, o valor que ia para poupança me parecia muito pequeno. Muitas vezes eu me perguntava: “É isso?” Como eu poderia alcançar meus objetivos com base em uma quantia tão pequena investida? Esse é certamente um sentimento desanimador.

Pode parecer devagar nos primeiros meses, para mim também foi, porém é uma grata surpresa quando você nota o crescimento das suas economias ao longo dos meses e dos anos. Então, mesmo que você tenha pouco dinheiro, não deixe de guardá-lo.

Uma boa opção é aplicar valores que você recebe aleatoriamente, como por exemplo, um dinheiro de um trabalho extra, uma grana de algo que vendeu, e até mesmo se você trocar de emprego no meio do caminho. Aqui você pode saber quem tem direito a sacar o FGTS.

Pense em formas de como você pode monetizar e potencializar seus rendimentos de maneira gradual!


Deixe uma Resposta